VIVA SÃO JOSÉ, NOSSO PADROEIRO!

 

Diocese de Pesqueira em festa

          No dia de hoje (19/03) a Igreja Católica celebra com grande júbilo a Solenidade de São José, Esposo da Virgem Maria. Em meio ao clima penitencial da Quaresma, abre-se um espaço para reverenciar o padroeiro da nossa Diocese, do nosso Seminário Propedêutico que leva o seu nome, além das Paróquias de Venturosa, Brejo da Madre de Deus e Cruzeiro do Nordeste. 
          Ontem (18/03) foi encerrada a festa do Seminário, depois do tríduo celebrado em honra do padroeiro. Desde a quinta feira, vários padres e fieis passaram pelo Seminário para reverenciar e celebrar o nosso Padroeiro, sob a coordenação do Pe. Luiz Benevaldo, reitor, e dos sete seminaristas que lá residem.
           Na tarde de hoje serão encerradas as festas nas cidades citadas com procissões e missas. Em Pesqueira, será celebrada uma solene missa na Catedral de Santa Águeda, presidida pelo Pe. Marconni Barbosa, Administrador Paroquial.
          No Brejo da Madre de Deus a festa será encerrada com o Show-Mensagem "Um canto pela Vida", com o Pe. Edson Rodrigues e Banda Ressurreição, num momento de catequese e evangelização para a multidão que se fará presente à praça da matriz.

Liturgia do dia

Leia e medite as leituras para o dia de hoje que nos foram fornecidas pela Dimensão Litúrgica da CNBB.

1ª Leitura - 2Sm 7,4-5a.12-14a.16
          Naqueles dias, a palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos: "Vai dizer ao meu servo Davi: `Assim fala o Senhor: Quando chegar o fim dos teus dias e repousares com teus pais, então, suscitarei, depois de ti, um filho teu, e confirmarei a sua realeza. Será ele que construirá uma casa para o meu nome, e eu firmarei para sempre o seu trono real. Eu serei para ele um pai e ele será para mim um filho.Tua casa e teu reino serão estáveis para sempre diante de mim, e teu trono será firme para sempre'". Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 88(89),2-3.4-5.27 e 29 (R. 37)
R. Eis que a sua descendência durará eternamente.

Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, *
de geração em geração eu cantarei vossa verdade!
Porque dissestes: "O amor é garantido para sempre!" *
E a vossa lealdade é tão firme como os céus.R.

Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, *
e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor.
Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, *
de geração em geração garantirei o teu reinado!"R.

Ele, então, me invocará: `Â Senhor,vós sois meu Pai, *
sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!'
Guardarei eternamente para ele a minha graça *
e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel. R.

2ª Leitura - Rm 4,13.16-18.22
          Irmãos: Não foi por causa da Lei, mas por causa da justiça que vem da fé, que Deus prometeu o mundo como herança a Abraão ou à sua descendência. É em virtude da fé que alguém se torna herdeiro. Logo, a condição de herdeiro é uma graça, um dom gratuito, e a promessa de Deus continua valendo para toda a descendência de Abraão, tanto para a descendência que se apega à Lei, quanto para a que se apóia somente na fé de Abraão, que é o pai de todos nós. Pois está escrito: "Eu fiz de ti pai de muitos povos". Ele é pai diante de Deus, porque creu em Deus que vivifica os mortos e faz existir o que antes não existia. Contra toda a humana esperança, ele firmou-se na esperança e na fé. Assim, tornou-se pai de muitos povos, conforme lhe fora dito: "Assim será a tua posteridade". Esta sua atitude de fé lhe foi creditada como justiça.Palavra do Senhor.

Evangelho - Mt 1,16.18-21.24a
          Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua móe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor pareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: "José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados". Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado. Palavra da Salvação.

Reflexão - Mt 1, 16.18-21.24
          São José deve servir de modelo para todos nós. O Evangelho de hoje nos mostra muitos pontos da sua pessoa que devem inspirar-nos na vivência da fé e do compromisso com Deus e com a obra da Igreja. José pertence à descendência de Davi, faz parte dos planos de Deus para a salvação do mundo, como nós também fazemos parte dos planos de Deus para a nossa salvação e das demais pessoas. José é definido como justo, que na tradição bíblica corresponde à santidade, e nós devemos aspirar à santidade. Na dúvida, José não fica preso nos seus planos, mas descobre e realiza a vontade de Deus. Da mesma forma, nós devemos muitas vezes fazer um ato de humildade e procurar realizar a vontade de Deus, e não a nossa.

 

Rezemos juntos a Ladainha de São José

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai Celeste que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, rogai por nós, 
São José,
Ilustre filho de David,
Luz dos Patriarcas,
Esposo da Mãe de Deus,
Casto guarda da Virgem,
Sustentador do Filho de Deus,
Zeloso defensor de Jesus
Chefe da Sagrada Família,
José justíssimo,
José castíssimo,
José prudentíssimo,
José fortíssimo,
José obedientíssimo,
José fidelíssimo,
Espelho de paciência,
Amante da pobreza,
Modelo dos trabalhadores,
Honra da vida de família,
Guarda das virgens,
Amparo das famílias,
Consolação dos infelizes,
Esperança dos doentes,
Patrono dos moribundos,
Terror dos demônios,

Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.
V/ Ele o constituiu Senhor da sua casa.
R/ E o fez príncipe de todos os seus bens.

Oremos. Ó Deus, que por inefável Providência Vos dignastes escolher a São José por esposo de Vossa Mãe Santíssima; concedei-nos, nós Vos pedimos, que mereçamos ter por intercessor no céu, o que veneramos na terra como protetor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém. 

Agora cante com a gente o Hino a São José!




Nenhum comentário:

Postar um comentário